Vaclav & Lena (H. Tanner)

18 mar
IMG_6073 edited
“Vaclav pensa em como, às vezes, quando está frio lá fora, você pode se sentir aquecido porque há pessoas ou lembranças de pessoas que o aquecem como uma fogueira, ou fazem você se sentir como um esquimó que não se incomoda muito com o frio extremo, mesmo que você sinta um frio extremo. Outras vezes você pode sentir que tudo no mundo inteiro está frio por certo motivo, e que está frio só pra você, e você vê todas as outras pessoas como um fogo para aquecê-las, e você tem a sensação de que vai sentir frio pra sempre. Às vezes a gente pode sentir um frio assim até no verão.” (TANNER, 2012, pág. 40).

Vaclav & Lena fala de coisas simples que podem ser interpretadas com a profundidade que você queria dar ao mergulho. Vide parágrafo acima: pode ser interpretado como a fala sem conexão e rápida de uma criança querendo explicar algo importante, pode ser simplesmente um exemplo metafórico do amor, ou ainda mostrar como a solidão e a saudade podem prejudicar até mesmo épocas mágicas como o verão. Fiz coro ao exagero, no entanto senti de verdade um pouquinho de cada sentimento. E pelas resenhas que li por aí, isso foi um fato que pode descrever o livro – ele permite interpretações variadas. A minha vai para um lado um pouco mais realista.

A estreia de Haley foi bem bacana. Eu compraria outros livros da autora para acompanhar sua evolução – porque tenho certeza de que ela irá melhorar; vejo coisas à melhorar na narração da história, na escrita e na descrição dos contextos e personagens, nada demais, mas detalhes aqui e ali que faltaram. No geral, ela me cativou por uma característica em particular: descrever situações com palavras simples e impactantes,  metáforas como a citada acima, que parecem não mostrar nada e, ao mesmo tempo, te mostram um buraco de significados implícitos. Gostei muito desse estilo dela escrever.

IMG_6076 edited

Também é interessante ressaltar que o livro trata de assuntos sérios como abuso, o abandono e a perda. Apesar de não estarem aprofundados, estes temas contextualizam o romance e dão margem para discussão. Não sei se o considero um livro de para crianças, mas de fato o considero importante para adolescentes abrirem a cabeça para alguns assuntos. Acabei lendo outro livro em seguida deste, que abordava com maior profundidade estes temas, e o modo como os adultos guardam e lidam com traumas parecidos que sofreram na infância, me fizeram lembrar da trama do Vaclav e da Lena. Foi então que percebi como são parecidos os caminhos que as mentes percorreram, mesmo em personagens estranhos de tramas completamente diferentes. Conexões com a vida real não faltam.

O livro é separado em quatro partes: “Juntos”,  “Separados: Vaclav”, “Separados: Lena” e “Juntos outra vez”. Na primeira parte vemos um romance de crianças criativas com o sonho de estrelar um show de mágica. Sim, um mágico famoso e sua bela assistente treinam desde cedo e no meio dos treinos tropeçam nas suas primeiras problemáticas na escola e na família. Acompanhamos o crescimento de ambos nas suas respectivas perspectivas e acabamos encontrando-os já esbeltos adolescentes que buscam resolver os mistério das suas vidas na última parte.

Foi por meio dessa descoberta eu passei a entender com maior profundidade algumas realidades que desconhecia, foi por isso que dei atenção especial ao livro e considero sua história de grande motivação. Eu sei que enxergo beleza nos mais sutis detalhes, mas de fato repensei alguns julgamentos que já fiz por aí. Adoro quebrar barreiras na minha própria cabeça, por isso dei 4 estrelas pro livro. Só não estendo a minha interpretação aqui porque não quero deixar spoiler e tampouco conduzir a interpretação de vocês. Então leiam e, depois, quem sabe, podemos sentar para discutirmos a história? ;)

IMG_6074 edited

# 2014: 6º

Título: Vaclav & Lena
Autora: Haley Tanner
Editora: Intrínseca
Páginas: 272

Skoob: nota 4/5

Com carinho,

A.

Anúncios

2 Respostas to “Vaclav & Lena (H. Tanner)”

  1. Elas Leram 11 de julho de 2014 às 12:18 pm #

    olá ;)

    Eu acabei de terminar a leitura deste livro e fiquei encantada com a maneira com que Haley Tanner construiu a narrativa. Assim como você, gosto muito do jeito como ela se utiliza de metáforas e guia uma história tão “real” por um caminho mais doce, menos sóbrio e extremamente tocante.

    Depois que terminei de lê-lo saí pela blogosfera para ler o que outros blogueiros opinaram a respeito (e encontrei o seu rs) Estou intrigada (e feliz) ao perceber que as pessoas gostaram dele, é quase uma unanimidade.

    Eu também compraria outros livros dela, sem pensar duas vezes.

    http://elasleram.blogspot.com.br/2014/07/vaclav-e-lena-haley-tanner.html

    • anapalombo 30 de julho de 2014 às 10:54 pm #

      Yay, obrigada! ;)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: