Por isso a gente acabou (D. Handler)

30 out

IMG_3978 edited

Uma boa recomendação, boas ilustrações, Snicket/Handler e romance. Foi por isso que li “Por isso a gente acabou”.

O segredo todos já sabem: Lemony Snicket é apenas um pseudônimo do Daniel Handler, autor que conseguiu consagrar dois nomes distintos no mundo literário do século XX. Aliás, no começo eu confundia tudo; confiei fielmente que Snicket era o verdadeiro, enquanto Handler era só uma personalidade extra do ilustre escritor de Desventuras em Série. “Snicket, seu lindo”, dizia quando encontrava suas obras aqui e ali nas prateleiras da vida. Mas então me deparei com Por isso a gente acabou, descobri toda a verdade e, hoje, quando encontro as obras do Snicket, penso: “Handler, seu danado”. Se, assim como eu, você busca saber mais da personalidade ímpar do autor, achei uma entrevista bem legal no blog da Companhia das Letras, vale a pena espiar (aqui!).

Confesso que comprei esse livro por recomendação de uma amiga, então, se não tivesse escutado ela falar tantas vezes dele, talvez eu nunca teria ido atrás e hoje seria infeliz por não conhecer o jeito magnífico (que aqui significa belo, cômico, emocionante e iluminador) de Handler me envolver em suas palavras. Porque eu me preparei. Quem me conhece já sabe que tenho manias (muitas) e uma delas é… começar do começo. Não quis ler nada do autor sem antes ter lido sua obra mais famosa, então só me permiti ler o livro dessa resenha depois que já estava familiarizada (o que aqui significa parada no meio da série) com Desventuras em Série.

Só então aceitei o desafio. O livro já tinha passado pelas mãos de duas primas e ambas tinham dado notas médias a história de nossa querida Min. Eu esperei até ter a vontade necessária para abri-lo e, mesmo com um pé atrás diante do seu figurativo volume, consegui fechá-lo só depois de um ataque: larguei tudo o que tinha pra fazer, sucumbi até à academia ou gritos pelo meu nome, simplesmente sentei e terminei de ler tudo. Não consigo me conter quando vai chegando no final (o que aqui significa perto-do-meio-do-livro).

A história é contada a partir de uma caixa. Sim, uma caixa. Nela, Min guarda lembranças do seu antigo relacionamento. E com o objetivo de fazer uma limpa emocional, ela escreve uma carta ao seu ex explicando o que significa cada um dos objetos da caixa. É dessa forma divertida que conhecemos a história do relacionamento e, claro, porque ele acabou.

Não vou frisar com muita força o porquê me identifiquei tanto com essa coisa toda de guardar memórias, só vou dizer que… eu e Min temos muito em comum (alguém lembra desse post?). Queria muito deixar todos os meus sentimentos expostos aqui, mostrar tudo que senti quando acabei o livro e quis contar a história para todos que passavam do meu lado. Não farei isso. Vou deixar vocês com o elemento surpresa (que o Handler sabe muito bem manipular) ainda em jogo.

A narrativa é simples, limpa e envolvente. As ilustrações são um quê a mais. Você não vai querer só ler o livro, também vai querer comprá-lo tê-lo e agarrá-lo – assim como eu e minha melhor-amiga-de-recomendações quisemos. Vocês vão gostar. Boa leitura. :)

# 2013: 45º

Título:  Por isso a gente acabou
Autor: Daniel Handler / Ilustrações: Maira Kalman
Editora: Cia. das Letras
Páginas:  368

Skoob: nota 4/5

Com carinho,

A.

6 Respostas to “Por isso a gente acabou (D. Handler)”

  1. Raiza 30 de outubro de 2013 às 3:20 pm #

    Eu tenho que comentar aqui, né… Não tem como não falar!
    Eu me emocionei com a resenha. Adorei o jeito a la Handler de escrever entre parenteses. E fiquei (muito) curiosa para saber seus sentimentos sobre a Min, o Ed, o Al, e tudo mais!
    Aproveitando, vou deixar minha passagem favorita do livro (spoiler alert):
    http://raizacpg.tumblr.com/post/30538610305

    PS: Sim, estou com vontade de agarrar meu Por Isso A Gente Acabou e, claro, lê-lo novamente!

    • anapalombo 30 de outubro de 2013 às 6:18 pm #

      Nos encontremos e eu te conto o quê quis comentar nas cartas variadas que quero distribuir!
      AINÓSSOMOSTÃOIGUAIS! Eu coloquei um side-it nessa minha parte favorita também! Oun, ♥.
      Obrigada, Ra, pela indicação, por me apoiar aqui, por comentar e por não desistir de mim mesmo quando não encontro uma hora qualquer para um café. Merci, :*.

      • Raiza 2 de novembro de 2013 às 9:36 am #

  2. Regina 4 de novembro de 2013 às 11:54 pm #

    Também conheço uma pessoa que adora guardar lembranças, o mais materialmente possível. Desde a nota fiscal de um jantar especial até embalagens de sonhos de valsa (hehehehe). Preciso expressar aqui, o quanto esse post das lembranças é especial, senti muita afinidade.
    Sobre o livro, histórias de rompimento sempre deixam-me demasiado triste. Mas, tive a impressão que a proposta do livro é bem irreverente.
    Hoje, conclui a leitura de O Senhor das Moscas. Clássico. Já teve a oportunidade de ler, Ana?

    • anapalombo 5 de novembro de 2013 às 5:04 pm #

      Rê, acredite se quiser, tenho até minúsculos cacos de vidro em minha caixa de lembranças. É insanidade, mas faz parte de mim já.
      Leia “Por isso a gente acabou” e se confunda também com seus próprios sentimentos. é estranhamente gostoso.
      Céus! Que clássico é esse que estou desatualizada? Vou procurar me informar sobre, fique tranquila. Já até fiz uma listinha especial na minha agenda de indicação de livros de leitores, então não pare de me incentivar a lê-los todos. ♥
      Mais uma vez, e como sempre, obrigada pelo carinho! :*

Trackbacks/Pingbacks

  1. Livros lidos em 2013 | Um journal de sorrisos - 11 de janeiro de 2014

    […] (S. Westerfeld) 44) Alta fidelidade (N. Hornby) 45) A culpa é das estrelas (J. Green) 46) Por isso a gente acabou (D. Handler) 47) O Apanhador no campo de centeio (J. D. Salinger) 48)  Lola e o garoto da casa ao lado (S. […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: