Vamos passear no Uruguai?

28 out

7827911092_cd49d08da5_b

Passeando por minhas memórias, me deparei com um fato: ainda não tinha contado por aqui minha viagem à Montevidéu no ano passado. Eu sei que já faz um tempo e que quiçá nem é tão interessante falar sobre o passado dessa forma, mas… E daí? Conheci uma pessoa querida que mora em Montevidéu nesse último final de semana, então fiquei com vontade de recontar essa historinha de como foi conhecer o frio cortante dessa ciudad. ;)

Decidimos conhecer o Uruguai em uma tarde qualquer. Calma, não estou falando que conhecemos o país inteiro em uma tarde, decidimos ir para esse destino em um impulso imaginativo de viagem. Na verdade, uma combinação de vontade e oportunidade de compra: minha sogra tinha que gastar milhas e nós tínhamos um final de semana livre então… por que não? Eu só havia estado no Uruguai quando pequena, quando meus pais quiseram fazer uma viagem ate o Chuí e de lá conseguíamos atravessar a fronteira entre os dois países a pé – não conhecia nada mais que um forte e uma pizzaria, mas já era alguma coisa. Foi por não me satisfazer só com esse pouco de uruguaianice que aceitei o presente da passagem e fiz companhia à minha sogra e ao meu namorado nos três dias que passeamos por Montevidéu.

Fiz o mesmo esquema da viagem à Machu Picchu, com um diário de viagem bem rabiscado e com todas as informações necessárias; então tudo ficou mais fácil quando decidi colocar alguns dias aqui, pois acho que mostrar onde fomos e o que fizemos pode ajudar futuros viajantes. Foram dias agradáveis, isso posso garantir. Conhecemos, além de Montevidéu, uma cidade próxima (e muito fofa) chamada Colonia Del Sacramento. Então esperem, próximos posts virão.

Mas, para começar, algumas informações básicas que guiaram nossa viagem.

  • Câmbio

A moeda corrente no Uruguai é o peso uruguaio. Não comprei pesos uruguaios para levar na viagem, tampouco levei dólares. Fui old school e, com passagem e hotel já pagos, levei apenas reais. Todo o câmbio necessário eu fiz em Montevidéu mesmo. A cotação era mais ou menos essa (segundo meu diário de viagem):

1 peso uruguaio = 0,05 dólares

1 dólar = 21,8 pesos uruguaios

21,8 pesos uruguaios = 2,02 reais

A coisa toda variava, dependendo da cotação de cada casa de câmbio. Não costumo trocar o dinheiro todo de uma vez, vou fazendo isso aos poucos conforme sinto qual a pegada da viagem. Até agora deu certo.

  • Hotel

Como fomos em 3 pessoas, dividimos um quarto no Esplendor Cervantes Hotel o que ficou cerca de R$450,00 para cada, contando os 4 dias. Era um bom hotel, muito confortável, espaçoso e com bom atendimento – serviu à todos os propósitos. A localização era segura e perto de uma avenida perto do centro, então ficávamos à fácil acesso as lojas e demais atrações turísticas.

O que mais? Bom, que tal o resto descobrirmos (ou relembrarmos) nos outros posts?

+ Vídeo “Montevidelando”: http://www.youtube.com/watch?v=7ghURbw4-oQ

Com carinho,

A.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: