Minhas lembranças

7 jan

Minhas lembranças (7)

Eu me esqueço facilmente de quase tudo, me lembro de pouca coisa e guardo só as memórias especiais. Observo, guardo e relembro. Por isso, criei um jeito de guardar um pouco da minha vida em um arquivo. Não sou boa com essas coisas de álbuns pessoais de fotos ou de diários para passagem de um ou outro ano, não sei exatamente qual o meu problema em relação a isso, mas acredito ser um problema básico de organização. Álbuns de fotografias seguem a ordem cronológica dos eventos, diários seguem a ordem natural dos sentimentos. Enfim, faço de um jeito mais… “juntando lixo”, segundo minha mãe.

Meninas são famosas pelos suas… manhas? frescuras? choros? vaidade? não! Meninas são famosas por serem sentimentalmente tendenciosas a juntar coisas inúteis. Uma embalagem do tamanho de um brigadeiro é uma fofura, deve servir pra algo; aquele brinco quebrado deveria ir pro lixo, mas eu gostava tanto dele; aquelas bolinhas de massagem nunca foram ou serão usadas, mas deixa aí pra enfeitar. Entenderam o processo né? Comigo não é diferente, guardo coisas inúteis que remetem aos dias que passaram, coisas especiais que aconteceram. Guardo tudo em uma caixa, que chamo de “Caixa de lembranças” (sim, criatividade modo on). Claro que antes coloco a data e o que aconteceu de legal no dia, para ajudar mais um pouco o processo de lembrar. Ou não esquecer.

No final do ano, faço todo um ritual para arquivar tudo isso em uma pasta. Divertido, vai? Vejam aí. =)

Minhas lembranças (2)

Eu comprei aqueles fichários de arquivos gigantes. Não me preocupei em ser capa de plástico ou coisas assim, então a capa é de papelão e por enquanto sem muita frescura, talvez um dia eu capriche mais, mas elas ainda me agradam nesse estilo escritório. As páginas eu fiz com color 7 em cores vibrantes, comprei as folhas grandes na papelaria e cortei páginas coloridas do tamanho que achei melhor (levando em conta o rendimento do papel e as dimensões do fichário).

Minhas lembranças (4)Grudo as coisas nas páginas com cola, grampos ou durex, por isso, só uso um lado de cada folha.

Minhas lembranças (3)Quando as folhas são grandes demais, aproveito e furo elas diretamente, ou grudo elas nas folhas e me aproveito daquele velo truque de dobrar para economizar espaço.

Minhas lembranças (5)Quando tenho várias coisas relacionadas, recorto os restos do color 7 e faço pequenas “tags” igual essa rosa aí de cima (Espetáculo Studium), isso ajuda a organizar a bagunça emocional.

Minhas lembranças (6)E todo ano tem uma página especial para os bilhetes do cinema. Como vêem, esse ano nem fui tanto no cinema. Mas vocês não tem noção do quanto é pesaroso olhar para um desses bilhetes de anos anteriores e pensar “Eu vi ESSE filme no CINEMA? Ele é mó velho!”. Humpf, todos envelhecem.

Minhas lembranças (1)E, por fim, fotos de como ficam os meus fichários devidamente fechados ou, se preferirem, alguns momentos devidamente memorados. Eu aconselho vocês fazerem algo assim. Costumava guardar tudo em caixas, cada uma de um ano. Mas tenho coisas guardadas desde 2005 e não pretendo parar de guardar as coisas. Imaginem onde iria conseguir espaço para guardar tantas caixas! Foi o melhor jeito que encontrei e fiquei orgulhosa dele. Organizei tudo faz uns 2 anos e desde então só vou acrescentado mais folhas. Quer dizer, ano que vem terei que acrescentar inclusive outro fichário, mas isso é o de menos. O esquema todo já está armado e vejo certa beleza em assistir minha vida contada por papéis de chiclete, canudos ou guardanapos de bar.

E vocês, também cuidam da sua história de forma especial? :)

Com carinho,

A.

8 Respostas to “Minhas lembranças”

  1. Marina 7 de janeiro de 2013 às 7:54 pm #

    Eu amei essa idéia, eu faço algo parecido, mas nada tão grande assim \o/ claro que vou copiar HAHAHAH adorei!

    Beijos,
    Marinah | Blog Marinah Gattuso@blogmarinah_gInsta

    • anapalombo 7 de janeiro de 2013 às 9:01 pm #

      Aeee! Inspirei alguém! Que bom que gostou, Marina. E faça, não vai se arrepender. ;)
      Beijo

  2. Kamilla 7 de janeiro de 2013 às 8:53 pm #

    Muito incrível, adorei o post!
    Eu tenho mania de guardar em caixas, escrever em papeis, agendas, caderninhos. Que no fim da bagunça toda eu acabo perdendo datas ou até mesmo essas recordações… Adorei muito a ideia!
    Beijos, Kamilla Oliveira
    http://sonhosdejabuticaba.wordpress.com/

    • anapalombo 7 de janeiro de 2013 às 9:03 pm #

      Olha, como disse, tenho até orgulho de olhar pra trás dessa forma.. e o legal de ter várias dessas recordações em fichários é que sempre pode acrescentar uma ou outra coisa no meio. =)
      Beijo, Kami.

  3. secretoslossuenos 13 de janeiro de 2013 às 4:08 pm #

    Amo “juntar lixo” hahaha, minha mãe diz a mesma coisa!!
    Adorei o post ;)

    • anapalombo 13 de janeiro de 2013 às 5:21 pm #

      Hahaha, obrigada flor! :**

  4. lista de emails 31 de janeiro de 2013 às 4:28 pm #

    the information here is necessary. lista de emails lista de emails lista de emails lista de emails lista de emails

Trackbacks/Pingbacks

  1. Por isso a gente acabou (D. Handler) | Um journal de sorrisos - 30 de outubro de 2013

    […] com essa coisa toda de guardar memórias, só vou dizer que… eu e Min temos muito em comum (alguém lembra desse post?). Queria muito deixar todos os meus sentimentos expostos aqui, mostrar tudo que senti quando acabei […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: