Diário de Viagem: Lima

24 out

Hey, hey! Desculpem-me a demora, mas decidi que vou atualizar a categoria de Diário de Viagem uma vez por semana, ok? Minha vida anda corrida, as usual.

Queria deixar claro que essa é só uma transcrição das anotações que eu fiz no próprio diário durante a viagem, então nem sempre foram escolhidas as melhores palavras, as mais bonitas ou adequadas, mas todas são essencialmente sinceras e especiais.

Ah, todas as fotos fui eu que tirei e no meu Flickr tem um álbum especial só pra essa viagem, quem quiser ver só clicar aqui. Estou ansiosa para começar a transcrever aquelas palavras que só alguns leram no diário físico… Vamos ao primeiro dia de viagem, então, espero que gostem!

  • 27 de Outubro de 2011

Primeiro dia de viagem. Da madruga de São Paulo rumo a um belo dia em Lima.

07:22

E começa a viagem. Estamos esperando o horário de embarque (daqui a 20 minutos).

No aeroporto. Sem dormir direito e já tendo enfrentado viagem de 3 horas São Carlos – Aeroporto de Guarulhos.

08:27

No avião. O nosso sono já deixou-nos à tempos no modo automático de agir. Nosso voo está marcado para as 08h40, queria ter o celular ligado para marcar a hora exata que decolamos.

Sinceramente, prefiro o ambiente de ônibus do que esse ambiente de avião. É tudo muito cinza e azul e tem uma música ambiente de casamento que está ultrapassando a música do iPod e me irritando. Enfim, fora isso tudo bem até então.

Estou sentada na janela, queria ter dormido o suficiente para aproveitar a vista da aterrissagem. Mas vou conseguir ver né, de qualquer maneira vou acordar.

Ok, espero acordar para pegar o lanche também.

01:22 (28/11) – Horário local: 22:22

A primeira coisa que pensei de Lima quando o avião estava aterrissando foi: areia. O céu é nublado e todo coberto por areia, ao que parece, somente as partes turísticas da cidade são algo “bonito” de se ver (logicamente).

Desembarcamos e já na saída do portão tinha um guia com uma placa com meu nome. Fomos para a van e ele passou as primeiras informações enquanto íamos para o hotel.

Na van com o guia a caminho do hotel.

Ao chegarmos estávamos tão cansadas e com pouco tempo que decidimos comer no próprio restaurante do hotel. A Lis pediu peixe com batata frita e arroz, eu pedi a mesma coisa só que com frango, mas a pessoa anotou errado e acabei comendo frango com vegetais apenas. Mas talvez tenha sido melhor que a batata, acredito, estava muito bom (e a fome não era nada pequena)!

Às 14h tínhamos que pegar o ônibus para o nosso city tour em Lima. Aproveitamos meia hora antes para ver a feira Inka, então saímos para um passeio do outro lado da rua à 13h30. Isso porque, por muita sorte, a feira é literalmente na frente do hotel. Não pudemos comprar nada porque não tínhamos trocado dinheiro ainda, mas vimos muitas coisinhas legais.

Enfim fomos para o city tour. Apesar de termos visto muitos lugares, não aproveitamos quase nenhum, pois só descemos em 3: a catedral de Lima (linda!), o Convento de São Francisco para ver as catacumbas do antigo cemitério do convento e também descemos por 10 minutos na praça do amor. Foi tudo muito bonito e tirei boas fotos.

Praça do Amor.

Praça do Amor.

Catedral de Lima.

Nós e a Catedral.

Adoro essas portas. Tinham gárgulas segurando as “alças” que abriam a porta, achei lindo.

Fora as gárgulas, tinham outros símbolos de proteção espalhados pela catedral.

.

Eu descobri mais alguém que adora portas! :P

Atrás de nós, a Sede da Presidência da República do Peru.

Palácio da Justiça.

Convento São Francisco, local de abrigo de um dos primeiros cemitérios de Lima, localizado embaixo da igreja do mosteiro.

O trânsito LOUCO de Lima.

Chegamos umas 17h30, entramos no hotel só para pegarmos algumas coisas e fomos correndo trocar dinheiro, porque a casa de câmbio fechava às 19h. Fomos a pé e aproveitamos para os localizarmos pelos arredores do hotel. Feita à troca, passamos quase 1 hora em uma loja chamada Falabella, a qual o guia havia mencionado que tinha de tudo, muitas marcas e bons preços. Porém, nos contivemos.

Depois, fomos procurar algo para comer, mas a procura não demorou muito porque nos deparamos com a Pizza Hut e jantamos felizes ali.

Ainda íamos na feira Inka, mas está tendo uma feira de livro na praça Kenedy, exatamente aonde estávamos, e, claro, tive que ir e passear por ela toda. Acabei comprando o livro “Lost City of the Incas” do Hiram Bingham, o mesmo que estava na minha lista de compras por aqui, imaginei comprar em algum sebo mas achei ele lindo na feira – fiquei bem feliz! A Lis comprou duas gravuras impressas muito bonitas e baratas também.

Depois de ver tudo ainda demos mais uma volta nas lojas ao redor, passamos rapidinho na feira Inka (as lojinhas já estavam fechando, mas comprei uma bolsa linda que era pra presente, mas não resisti e arrebatei pra mim) e finalmente voltamos ao hotel para tomar banho e dormir. Já marcamos um passeio para amanhã às 9h, então melhor ir descansar.

Prestação de contas do dia:

– R$15,90 (Livro Snoopy no aeroporto);

– S/39,00 (Livro Hiram Bingham);

– S/7,90 (jantar Pizza Hut);

– S/35,00 (bolsa Perú).

A.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: