Diário de Viagem: Machu Picchu (Preparação)

15 out

Hoje vou começar a série de posts do meu Diário de Viagem para Lima, Cuzco e Machu Picchu. Mas antes de toda viagem tem.. a preparação!

Visitar Machu Picchu sempre foi um sonho. Um dia estávamos em um churrasco de família comentando da viagem que meu pai ia fazer de moto pro Chile e da viagem que tinha feito pro Peru no ano anterior. Então comentei das fotos que ele tinha tirado em Machu Picchu e falei que era meu sonho visitar este lugar, minha madrinha logo falou do meu lado “O meu também, Ana! Vamos?”. Eu nunca pensei que de fato aquela conversa informal se revelaria uma grande viagem dali 4 meses, mas foi assim que tudo começou.

Pesquisar e encontrar um roteiro e uma agência de viagem que fosse legal já foi um trabalho árduo. Por fim acabamos com 3 roteiros para escolher e, contra minha grande vontade, minha madrinha não quis fazer qualquer passeio que envolvesse trilha, andar muito e dormir no mato (minha idéia era subir até Machu Picchu subindo o rio por trilha, no meio da Cordilheira dos Andes! O mesmo caminho que o trem faz, mas com um pouco mais de aventura). Acabamos com um roteiro da New Age chamado Amanhecer em Machu Picchu, achamos que a estrutura dos passeios, o tempo e tudo mais estava de acordo com o que queríamos e com os dias que tínhamos disponíveis, que era uma semana de feriados em São Carlos. Tudo foi intermediado por uma agência de viagens daqui da cidade e deu tudo certo, pagamos pelo pacote (R$ 3.100,00) e o que nos restava era esperar. No Peru, nosso receptivo foi a agência Viajes Pacífico.

Como a ansiedade era grande, fui pesquisando lugares pra ver, conhecer e varrei a internet atrás de links, fotos, mapas e diários de viagens. Com tudo o que vi e pesquisei, acabei montando um dossiê repleto de informações! Eu sei, parece exagero, mas imprimi ele, fiz uma capa bonitinha e levei como livro de viagem. Foi sucesso! Útil e prático. Claro que não vou reter informação! Quem quiser baixar, só clicar aqui! =)

Depois do dossiê pronto, mais um desafio: diário de viagem. Como fazer? Com quê? O que eu queria guardar? A primeira coisa que fiz foi pesquisar imagens de diários de viagens para me inspirar. Achei muitos journals lindos cheios de ilustrações maravilhosas ou polaroids fofas. Nenhuma das alternativas estava ao meu alcance: não desenho bem e tampouco tenho uma polaroid. Minha saída foi colocar toda e qualquer informação possível, assim poderia disponibilizá-las e organizá-las de forma que outras pessoas também pudesses usufruir de toda minha viagem. E assim foi.

O difícil foi conseguir um caderno adequado: leve, não muito grande nem muito pequeno, que tivesse lugar para colocar caneta e coubesse em toda bolsa. Por fim consegui um que meu irmão tinha guardado. E foi nele que, todos os dias, além das anotações do que tinha acontecido no dia, eu fazia um balanço dos meus gastos para manter minhas economias sob controle e guardava todo e qualquer comprovante e papel que ganhava! Senti falta nos demais diários de viagem que li pela internet de informações que pudessem me mostrar quanto custavam as coisas, se eram baratas ou não, pra ter uma noção de quanto dinheiro levar e tal. Então meu diário contém todos os gastos e canhotos de ingressos, passagens e afins para orientar a galera. No final achei que ficou um diário útil para futuros viajantes.

Eu estava no meio de provas na faculdade, mas escolhi de viajar na semana que rola um grande congresso na área de Ciências Sociais, a  ANPOCS, então consegui me programar nos estudos para não ficar nada atrasada. Arrumei a mala com poucas coisas, sempre pensando no peso de ter que transportá-la pra lá e pra cá (mudamos 3 vezes de hotel, né?). Na mala de mão, sempre uma mochila. Mantinha nela carteira, blusa de frio, dossiê, caderno e câmera (uma compacta da Kodak).

Infelizmente já joguei as anotações originais fora. Mas vou mostrar pra vocês como ficou quando finalmente sentei e arrumei tudo no começo desse ano. O resultado foi um livro que  fica na estante e adoro abrir de vez em quando para matar as saudades ♥. Preferi não colocar fotos no diário, por pensar que ia ficar um tanto cansativo, mas para o próximo diário de viagem vou rever este conceito aí (nos posts que colocarei aqui vou colocar sempre muitas fotos!).

Meu diário de viagem guardadinho na estante.

Capa: feita com tiras de acabamento pra tecido e recortes de papel aveludado, sabe? (esqueci o nome)

Capa

Texto de abertura do diário.

Índice.

Todo novo dia começa com uma página vermelha.

Os tickets, comprovantes e ingressos dos lugares foram colados entre o texto nos respectivos dias das compras – ajudaram muito na hora de fazer a prestação de contas!

No final, os roteiros de viagem que recebi.

Por último, uma pastinha com todos os guias, catálogos e mapas que ganhamos na viagem.

O Dossiê.

É isso, galera. Próximo post começamos com o conteúdo do diário e com as fotos. Yay!

A.

Anúncios

3 Respostas to “Diário de Viagem: Machu Picchu (Preparação)”

  1. Kelly B. 16 de outubro de 2012 às 2:45 am #

    Que gracinha o plano de fundo do seu blog. Acho que o papel que você esqueceu se chama papel camurça haha. Que bacana essa ideia do Diário de Viagem. Você sabia que tem umas agendas específicas pra isso, pequenas e cheias de mapas. Mas personalizar o nosso é bem mais bacana né? Eu sempre quis conhecer Machu Picchu *-* tudo por causa de um livro que eu li na infância! Claro, já baixei seu dossiê, e isso vai servir de inspiração pras próximas viagens que eu vou fazer. Primeiro vou fazer um dossiê e vou fazer um caderninho no estilo do seu pra guardar minhas recordações. Eu fiz uma viagem, recentemente, e não me preparei. Primeiro, que eu tava indo pra um congresso, segundo que eu não tinha muito interesse na cidade que eu tava indo. A sorte é que as colegas que foram comigo prepararam tudo e eu fui na onda delas, foi bem divertido. Eu gastei horrores nessa viagem, tudo por falta de planejamento e por não anotar o quanto eu estava comprando. Obrigada pelas dicas, vai servir de inspiração sem dúvida. Beijos

    • anapalombo 16 de outubro de 2012 às 2:54 am #

      Isso, camurça! Hahaha
      Aahh fico feliz que tenha gostado do diário e tenha se inspirado. :) Foi o primeiro e foi feito tudo na mão com régua, cartolina, tesoura e cola (só mandei encadernar) mas amei o resultado. Já emprestei para várias pessoas que queriam fazer a viagem e se tornou como um livro que guardo com carinho.
      Você e suas amigas, pensem em montar um diário de viagem coletivo! Criem um texto base do que rolou e cada uma coloca suas impressões, observações e comentários de cada momento. Depois imprimam um pra cada. Divertido, ahn?
      Nos próximos posts vou fazer um DIY de caderninhos (uso para anotar as coisas da faculdade) com agendas antigas, bem úteis também.
      Fiquei feliz com sua visita, Kelly. :}
      Beijo!

      • Kelly B. 17 de outubro de 2012 às 12:20 am #

        Faça o DIY sim, adoro esse tipo de projeto. Cara, você me inspirou tanto, que tô até procurando projetos de scrapbook na internet pra personalizar o meu diário de viagem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: